Ir para Navegação do Site Ir para Conteúdo principal Ir para Navegação Principal All 3M.com Site Map

Grupo Primavera e 3M lançam Projeto Teatro de Fantoches em Mairinque


A ONG Grupo Primavera, em parceria com a Secretaria de Educação de Mairinque e o Instituto 3M de Inovação Social, lança no próximo dia 2 de março (sexta-feira), na cidade, o Projeto Teatro de Fantoches, que será adotado por 35 escolas da rede municipal – entre creches e séries do infantil, fundamental I e fundamental II.

Os professores das escolas serão capacitados por Cristina Lazaretti, especialista em manuseio de fantoches contratada pela entidade de Campinas (SP), que os ensinará como utilizar corretamente os bonecos em sala de aula, para que possam, ainda este ano, transmitir os conteúdos pedagógicos previstos para cada série de forma lúdica e interessante aos alunos. As oficinas de capacitação ocorrerão nos dias 5 e 19 de maio, das 8h30 às 15h30, na Escola Municipal Prof. Educador Paulo Freire, localizada à Avenida Mitsuke, 989, no Jardim Cruzeiro, em Mairinque.

No final do ano, os melhores trabalhos apresentados por esses professores serão premiados pelos parceiros do projeto, em uma cerimônia a ser realizada na própria cidade. Além de Mairinque, os fantoches do Grupo Primavera também serão adotados ao longo de 2012 por escolas municipais de São José do Rio Preto, em uma parceria da ONG com a secretaria de educação da cidade e também com o Instituto 3M de Inovação Social.

Segundo Luciana de Paula Ferreira Rueda, chefe da Divisão de Educação Infantil de Mairinque, a prefeitura municipal aderiu ao projeto do Grupo Primavera porque o considera “muito grandioso”. Para ela, trabalhar com o teatro de fantoches faz com que a criança viva um momento lúdico. “O teatro de fantoches é o próprio sonho produzido dentro da realidade. Dualidade espontânea que não prejudica, ao contrário, deve ser estimulada como um instrumento que estuda a si próprio e ao outro, proporcionando a formação de histórias,  levando as crianças a interagir com o personagem que é o boneco. O artista passa a ser a criança que o manipula, contribuindo para sua autoestima, pois aprendem a criar por si mesmas”, acredita.

Conforme Luciana, a expectativa da Secretaria é que os professores das 35 escolas fiquem satisfeitos com a capacitação. “Será uma grande realização para a nossa rede de ensino e esperamos que esses docentes multipliquem o aprendizado para todos os professores da escola com muito entusiasmo e carinho, pois o envolvimento de todos é de suma importância para que o projeto alcance o resultado esperado com os nossos alunos.”

O Instituto 3M de Inovação Social patrocina pela primeira vez esse projeto em Mairinque, mas já foi parceiro da ONG no ano passado nas cidades de Itapetininga e Ribeirão Preto, nesse mesmo trabalho. “O Grupo Primavera é reconhecidamente uma instituição que busca o desenvolvimento social de nossas comunidades. O projeto Teatro de Fantoches, realizado pela ONG, tem como proposta um modelo novo de educação, que, por meio de desafios e atividades lúdicas, desperta as melhores práticas de cidadania nas gerações que estão iniciando sua vida escolar. E essa proposta vai ao encontro do objetivo do Instituto 3M, de incentivar práticas ligadas à Educação”, diz Marcelo Tambascia, presidente dessa instituição.

Início do Teatro de Fantoches

O projeto “Teatro de Fantoches: oficina, workshop e apresentações”, idealizado pelo Grupo Primavera, foi implantado pela primeira vez em 2006, em 75 escolas municipais e estaduais de Campinas, além de bibliotecas da cidade que foram palco das histórias dos fantoches. "Por meio do teatro de fantoches é possível desenvolver nas crianças criatividade, desenvoltura, facilidade de comunicação e gosto pela leitura e arte e, ao mesmo tempo, proporcionamos mecanismos diferentes para o aprendizado delas", acredita John Sieh, diretor do Grupo Primavera.

Todos os bonecos de fantoches são feitos na oficina de criação da ONG. Entre os personagens estão árvore, cachorro, coelho, sapo, borboleta, peixe e sol, que permitem aos professores abordarem temas como meio ambiente, educação para o trânsito, inclusão social e saúde bucal.

Grupo Primavera

Fundado por três voluntárias em 1981, o Grupo Primavera cresceu de forma sustentável e atingiu a marca de mais de 8,5 mil meninas e jovens atendidas nesses mais de 30 anos de atuação no Jardim São Marcos, bairro de Campinas (SP) reconhecido ainda pela violência.

Hoje, a ONG atende a aproximadamente 450 crianças e jovens, por meio de programas e projetos nas áreas de educação, cultura, bem-estar e profissionalismo. Em sua sede, desenvolve programas de educação complementar para meninas e adolescentes de 6 a 18 anos de idade, com o objetivo de minimizar os riscos sociais aos quais as garotas estão expostas, promovendo sua auto-estima e capacitando-as para atuarem como agentes de mudança no meio em que vivem – seja incentivando-as a prosseguir nos estudos quanto garantindo a inserção profissional delas no mercado de trabalho.

“O Grupo Primavera acredita no poder transformador de mulheres educadoras no ambiente familiar. A intenção é que as meninas formadas na ONG sejam multiplicadoras de conhecimento e informação no futuro”, diz Edgar Garbade, presidente da organização.

Sobre a 3M

Reconhecidamente líder em Pesquisa & Desenvolvimento, a 3M fornece milhares de produtos inovadores para diferentes mercados. Sua cultura de colaboração criativa inspira um fluxo intenso de tecnologias avançadas com objetivo de tornar a vida melhor. Com US$ 30 bilhões em vendas globais em 2011, a 3M emprega mais de 4 mil funcionários no Brasil e 84 mil no mundo, e mantém operações em mais de 65 países. A subsidiária brasileira registrou faturamento bruto de R$ 2,7 bilhões em 2011 e conta com seis unidades fabris no país nos estados de São Paulo e Amazonas, além de deter o controle da Incavas, instalada no Rio Grande do Sul. Para mais informações, visite o site www.3m.com.br.